Padre na lista de abusadores demite-se de cargo em escola de Lisboa

Um dos quatro padres que o Patriarcado de Lisboa afastou preventivamente devido a suspeitas de abusos sexuais demitiu-se das funções que exercia numa escola da capital. Teodoro Dias de Sousa, pároco da Malveira e da Venda do Pinheiro, era também assistente religioso na Academia de Música de Santa Cecília. A escola já aceitou a demissão.

Deixe um comentário

Generated by Feedzy